Embriagado homem ateia fogo no seu próprio corpo, da mulher e filhos em Assaré

Uma tripla tentativa de homicídio e suicídio foi registrada por volta das 18h30min desta sexta-feira na Rua Chiquinho Pereira (Bairro Coruja) no município de Assaré na região do Cariri. Após retornar de sua lavoura, o agricultor João Batista de Oliveira, de 50 anos, seguiu para um bar perto de sua casa onde passou a ingerir bebidas alcoólicas e, segundo testemunhas, ameaçava atear fogo em sua casa e matar a família. A mulher dele foi avisada, porém imaginou que não passaria de ameaça.

Segundo Laura Alves de Oliveira, de 50 anos, quando o esposo chegou à sua residência ordenou que todos descessem, já que moram num primeiro andar. No momento em que a mulher, a filha Juliana Alves de Oliveira, de 18, e o filho Eduardo Alves de Oliveira, que completa 12 anos neste domingo, se aproximaram, João Batista jogou gasolina em todos e acendeu um isqueiro.

Sua companheira sofreu queimaduras leves nos dois braços, Juliana saiu com queimaduras em nível de 2º grau por cerca de 90% do corpo, e Eduardo uma pequena queimadura na orelha direita. Já o acusado sofreu queimaduras por 90% do corpo em níveis de 2º e 3º graus. Uma patrulha da PM com os Sargentos Wilson e Josenaldo e o Soldado David esteve no imóvel e no hospital adotando as providências.

Laura disse aos PMs que desconhecia os motivos. Ela e o filho Eduardo ficaram internados no hospital de Assaré. João Batista e sua filha Juliana Alves foram trazidos em estado grave ao Hospital Regional do Cariri em Juazeiro para receberem cuidados médicos específicos, mas deverão ser transferidos para a Unidade de Queimados do IJF de Fortaleza.

FONTE: Site Miséria.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *