Prefeitura de Juazeiro do Norte estuda mudar a data do feriado de Padre Cícero

A Prefeitura de Juazeiro do Norte estuda mudar a data do tradicional feriado que comemora a vida de Padre Cícero. O motivo seria um possível erro na data de nascimento do santo popular. Segundo documentos oficiais que os pesquisadores Daniel Walker e Renato Casimiro encontraram, a data correta seria 23 de março. Atualmente, o local se enche de religiosos para comemorar os milagres e os feitos da vida do sacerdote no dia 24 de março.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria do Turismo da cidade, o secretário Júnior Feitosa ficou tão surpreso com o erro nas datas quanto a população. Para tomar alguma decisão sobre o assunto, o órgão está esperando o retorno do recesso dos vereadores. Depois disso, a Prefeitura pretende se reunir também com algum oficial da Igreja Católica para discutir a situação.

De acordo com Daniel, a Prefeitura não contatou a dupla de pesquisadores para mais esclarecimentos, mas acredita que nada deverá ser mudado no calendário oficial do município.  Padre Cícero e sua família sempre comemoraram o aniversário no dia 24. “Comemorar o aniversário do Padre Cícero no dia 23 de março e não no dia 24, é quebrar uma tradição, e mais do que isto, é querer contrariar um procedimento que foi adotado pelo próprio aniversariante”, afirma Daniel ao O POVO Online.

Por meio da organização Family Search, a dupla teve acesso a cópias digitalizadas dos documentos originais do sacerdote. Depois de fazer pesquisas, conversar com historiadores e analisar as cópias, eles chegaram à conclusão de que aconteceu um erro de escrita. Na época, era comum a utilização de bico de pena e tinta para escrever documentos oficiais. Assim, a ocorrência de erros era frequente.

Outra mudança que os pesquisadores não esperavam era no nome do pároco. Em vez de Cícero Romão Batista, o registro mostra que a ordem dos nomes seria Cícero Batista Romão. A mudança aconteceu por vontade própria do padre. O documento se encontra no livro de batismo da Paróquia de Nossa Senhora da Penha, onde Padre Cícero foi batizado.

Próximos passos

Daniel Walker afirma que, a partir de agora, a dupla vai focar em esclarecer a dúvida sobre o nascimento da beata Maria de Araújo, personagem importante na vida de Padre Cícero. Utilizando o mesmo site da organização, os historiadores tentaram descobrir se a beata nasceu em 1862 ou 1863. “É interessante saber, por um dever de fidelidade à sua história, qual a data correta do seu nascimento, e isso só o documento oficial pode comprovar”.

A beata Maria de Araújo foi personagem do suposto milagre da hóstia de Padre Cícero, em 1889. De acordo com a narrativa histórica, o sacerdote teria lhe dado uma hóstia que se transformou em sangue dentro de sua boca. Depois de uma comissão analisar o caso, o bispo Dom Joaquim José Vieira considerou que não seria um milagre. Isso culminou na suspensão das ordens sacerdotais de padre Cícero. Somente em dezembro de 2015 o padre recebeu o perdão da Igreja Católica.

FONTE: Redação O POVO Online.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *