Operação Mimetismo: Polícia Federal prende grupo de fraudar benefícios previdenciários

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira, 10, a Operação Mimetismo, para combater fraudes previdenciárias e prender o chefe de uma organização criminosa que há mais de 5 anos fraudava benefícios, migrando pessoas idosas e extremamente humildes do Estado do Ceará e Pará, para obter fraudulentamente ao benefício do amparo social ao idoso.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo dois em Fortaleza, no bairro da Aldeota, e um em Belém/PA, expedidos pela 32ª Vara da Justiça Federal no Ceará. Foi também cumprido um mandado de prisão preventiva em Fortaleza, expedido pela 4ª Vara Criminal Federal do Pará. 15 policiais federais participaram da Operação.

Segundo a Polícia Federal, as investigações foram realizadas por uma Força Tarefa Previdenciária, formada pela Delegacia de Combate aos Crimes Previdenciários no Ceará (Deleprev), Coordenação de Inteligência Previdenciária (Coinp) e da Deleprev da Superintendência Regional da Polícia Federal no Pará. Estima-se que o prejuízo provocado aos cofres da Previdência Social seja superior a R$ 2 milhões.

FONTE: Ceará Agora.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *