Presos da Lava Jato terão arroz com passas e carne assada na ceia

Neste Natal, os presos da Lava Jato não terão nenhuma regalia na Penitenciária da Papuda, localizada em Brasília (DF). Acostumados com fartura e conforto, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, o deputado Celso Jacob e o ex-executivo da JBS Ricardo Saud, terão direito a uma ceia que conta com arroz com passas, tutu, carne assada, batata e suco de frutas.

Já no dia 25, conforme o site Metrópoles, o almoço será com arroz colorido, feijão em caldo, frango assado e purê de cenouras. As informações foram repassadas pela Secretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe).
O deputado Paulo Maluf também deve chegar à unidade nesta sexta-feira (22), e usufruirá do mesmo cardápio.

Em dias normais, as refeições costumam ter uma mistura de arroz, feijão, guarnição e uma proteína animal (carne, frango ou peixe). Ainda segundo a Sesipe, além da mudança no cardápio, não haverá nenhum outro benefício durante o feriado, e as visitas ocorreram nos dias e horários de praxe: quartas e quintas-feiras, das 9h às 15h.

Já no Complexo Médico-Penal, em Pinhais (PR), onde estão outros presos da força-tarefa, como o ex-senador Gim Argello e o ex-deputado Eduardo Cunha, a ceia de Natal terá panetone, que terá de ser esfarelado, por questões de segurança, além do tradicional peru desossado.

FONTE: Notícias ao minuto.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *