Governo vai cancelar 60 mil benefícios irregulares em todo o país

Um pente fino realizado pelo Governo Federal conseguiu identificar irregularidades no Benefício de Prestação Continuada (BPC), direcionado a idosos e deficientes de baixíssima renda. Foram identificados pelo menos 60 mil benefícios irregulares, informa a edição desta segunda-feira (14) da
Folha de S. Paulo.

O Ministério do Desenvolvimento Social encontrou 17 mil pagamentos a pessoas que já morreram, totalizando R$ 190 milhões por ano , e já foram cancelados. Também foram localizadas 43 mil pessoas que recebem o recurso mesmo possuindo renda maior que o valor fixado para entrar no programa.

Os cancelamentos gerarão uma economia inicial estimada em R$ 670 milhões.

Quem tem direito ao BPC:

Pelas regras, pode receber o benefício referente a um salário mínimo, deficientes incapacitados e pessoas acima de 65 anos, nos dois casos com renda familiar inferior a um quarto do piso.

FONTE: Ceará News.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *