Raimundo Gomes de Matos disse que perdeu o voo para justificar sua ausência da votação contra Temer, mas ele já estava em Brasília

Ausente da votação de quarta-feira, da Câmara dos Deputados, da denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, o deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE) justificou que perdeu o voo de Fortaleza para Brasília. A entrevista foi dada a Folha de São Paulo. O deputado, no entanto, estava na Capital Federal, desde o dia anterior.

“Não consegui chegar a tempo porque só tinha um voo de Fortaleza para cá pela manhã, às 5h10, e perdi”, justificou. Mesmo com a votação iniciando apenas às 18h20, o parlamentar afirmou que não conseguiu outro voo. “Era volta de férias. Fica tudo lotado.”

A ausência de Gomes de Matos e de outro cearense, Adail Carneiro, ajudaram a vitória do governo, já que era a oposição que precisava conseguir 342 votos pela continuidade da denúncia. Foram 263 votos a favor de Temer e 227 contra.

O PSDB acabou dividido, dos 47 deputados 21 votaram contra a denúncia e 22 a favor e quatro se ausentaram.

Na ala jovem do PSDB, que pede o desembarque do governo, dois não votaram: Pedro Vilela (AL) e Shéridan (RR). Gomes de Matos, o tucano que perdeu o voo de Fortaleza, teria sofrido pressão de ambos os lados. Para evitar desgastes, ausentou-se.

FONTE: Ceará Agora.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *