Presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque arquiva pedido de inquérito contra Camilo com base em propina paga a Cid

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT) rejeitou, nesta quinta-feira (25), o pedido de impeachment contra o governador Camilo Santana (PT) protocolado pelo deputado estadual Capitão Wagner (PR). Segundo Zezinho, a decisão segue parecer jurídico elaborado pela Procuradoria da Casa, que defendeu o não recebimento da denúncia em “face de carência de justa causa”.

Capitão Wagner protocolou o pedido de impeachment baseado na delação do empresário Wesley Batista, dono da JBS, que acusou o ex-governador Cid Gomes (PDT) de ter recebido, em 2014, R$ 20 milhões em propina da empresa em troca da liberação de créditos da JBS junto ao Governo do Estado. O dinheiro teria financiado a campanha de políticos aliados do então governador Cid, incluindo a campanha de Camilo ao governo.

INFORMAÇÃO: Ceará News.

Use o Facebook para comentar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *